Selena entrevista para o Kidz World sobre Hotel Transilvânia

Selena Gomez já era cantora e atriz, porém ela queria fazer algo mais divertido, como enterpretar Mavis, fazendo a sua voz na animação, Hotel Transilvânia, nessa aventura temos o pai de Mavis que tem que aprender a deixá-la mais livre e que ela sabe se cuidar sozinha, mas para complicar ela se apaixona por um humano, complicando mais ainda as coisa!
Kidzworld: Há uma tonelada de monstros clássicos do cinema neste filme. Qual desses monstros é o seu favorito?

Selena: Se Freddy Kruger ou Jason estivessem eu os qualificaria como clássicos, então Freddy, Jason e Michael Myers (dos filmes de Halloween). Esses são os meus monstros. Eu amo estar com medo. Eu vou para a Knotts’ Scary Farm no Halloween todos os anos.

Kidzworld: Então você está atuando nas áreas sobrenaturais, tendo sido uma feiticeira, e agora como a filha de um monstro?

Selena: Eu acho que sim. Nunca pensei sobre isso. Com a série fomos capazes de trazer os tipos de imaginações infantis para a realidade. Nós poderíamos ser invisíveis e voar e andar em paredes e é isso que toda criança gostaria de fazer. Com este filme que nós estamos trazendo, essa imaginação viva também acontece com o Frankenstein e o Drácula, e novos personagens como sua filha.

Kidzworld: Você trabalha na TV, com a música e filmes. Qual é a importância de trabalhar em todos esses gêneros para sempre manter a criatividade?

Selena: Eu só mudo muito a minha ideia. Não é só sobre mim querer ter certeza que estou cumprindo meu dever em cada uma delas. Eu só mudei de idéia. É fico sempre assim “Ok, me sinto bem com este filme. Agora eu realmente preciso de ir para o estúdio e gravar” ou sair em turnê e fazer outra coisa. Às vezes, minha mãe fala “Você tem que parar de fazer essas coisas”, porque eu quero fazer tudo ao mesmo tempo.

Kidzworld: Você tem feito papéis mais maduros. Neste filme você dubla uma personagem, é uma voz para as famílias sendo então uma forma de continuar a trabalhar para o seu público-alvo?

Selena: Sim. Essa é uma das razões que me motivaram a fazer este filme. Para ser honesta, eu não sou realmente muito boa com animação porque eu sinto que, às vezes, é mais difícil agir com a sua voz do que agir com o seu eu (inteiro), mas esta foi uma grande experiência. Esta foi uma grande coisa para eu poder fazer para eles (fãs), porque eu estava fazendo um par de filmes que estavam um pouco fora de minha zona de atuação, por isso foi bom voltar a isso.

Kidzworld: Você já tentou fazer o sotaque do Drácula em Transilvânia?

Selena: (risos) Não, mas eles tentaram brincar com meu pai no filme e que era difícil. Eu definitivamente não estou tão boa como Adam (Sandler), quando se trata disso.

Kidzworld: Como foi trabalhar com Adam Sandler, que interpreta o Drácula?

Selena: Ele é incrível. Ele é muito legal. Ele estava ali em quase todas as minhas gravações e ele era muito bom. Você pode ver que ele seria um pai legal, alguém que é muito engraçado e só faz todo mundo rir.

Kidzworld: Então não tem nenhuma pressão do Drácula sobre sua filha? Não há atrito, e sim o respeito mútuo entre eles.

Selena: É. Realmente nunca foi uma história sobre o relacionamento entre os dois, então eu acho que a maneira como ela foi estruturada e da maneira que eu li era exatamente o que eu pensei que seria. Eu pensei que era tão perfeito, eu espero não decepcionar ninguém.

Kidzworld: Todo mundo diz que é divertido dublar um personagem, pois você pode trabalhar apenas em suas roupas confortáveis, eles também usam só alguns dos objetos do personagem.

Selena: (risos) Eu vim de moletom nas gravações e vi todo mundo a cada parte do filme começar a dar uma sensação para o personagem. E eu vejo algumas semelhanças entre Mavis e eu, num pouco do jeito que ela fala e resmunga. Eu sou um pouco culpada por isso com meus pais.

Kidzworld: Então você está pessoalmente ligada ao seu personagem Mavis em algumas coisas?

Selena: Eu estou na mesma situação que ela um pouco. Tenho 20 (Mavis tem 118 .. ou 18 para nós) por isso é divertido para mim crescer e querer conhecer lugares também. Eu começo a viajar e eu tenho sorte de fazer isso, mas eu nunca tive de ir a lugares sozinha ou com meus amigos. Eu estou fazendo mais coisas sozinha agora e tenho a liberdade que Mavis queria. Eu sou do tipo peculiar. Eu me identifico com ela.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s